Vítima de acidente em Ponte Serrada morre no hospital

Luiz Mayer era um dos passageiros do veículo com placas do município

Por Jeferson Rubens Coppini

02/06/2019 08:32 - Atualizado em 03/06/2019 08:06



Luiz estava no automóvel com outras duas pessoas que permanecem internadas (Foto: Oeste Mais)

Uma das vítimas da colisão envolvendo dois veículos, ocorrida na tarde de sábado em Ponte Serrada, acabou falecendo neste domingo, dia 2, no hospital.

 

Luiz Mayer, de 65 anos era um dos passageiros do Renault Sandero, automóvel pertencente à Administração Municipal de Ponte Serrada, que colidiu frontalmente contra um utilitário na BR-282.

 

Internado no Hospital Regional São Paulo, Luiz passou por cirurgia, mas não resistiu e acabou falecendo no início desta manhã.

 

Demais vítimas

 

Na Toyota SW4, com placas de Governador Celso Ramos, estava um casal de idosos. Estáveis, eles não sofreram ferimentos graves.

 

Já no automóvel de Ponte Serrada as outras duas vítimas permanecem internadas. Segundo informações apuradas pelo Oeste Mais, Vinicius Dequigiovani está na UTI e o secretário de Agricultura do município, Abel Conrado, passou por cirurgia e está estável.

 

Uma grande perda

 

O trágico falecimento de Luiz Mayer leva da população ponteserradense um agricultor e renomado produtor de vinho do município.

 

Em 2018, Luiz foi duplamente premiado pela qualidade dos vinhos que produzia, ganhando a primeira colocação nas categorias de vinho branco e tinto em um evento promovido na cidade.

Luiz Mayer era conhecido pela qualidade de sua vinicultura (Foto: Arquivo/Oeste Mais)

A Coperfaps, cooperativa agrícola da qual Luiz Mayer participou da fundação e fazia parte ativamente, emitiu uma nota de pesar.

 

“Hoje nossa Cooperativa e a agricultura de Ponte Serrada está em luto.

 

Partiu para outra dimensão nosso querido associado idealizador e fundador da Coperfaps Luiz Mayer.

 

Não temos palavras para descrever nosso sentimento de tristeza e também de gratidão ao Seu Luiz como todos carinhosamente o chamavam.

 

Partiu no cumprimento de um dever que tanto gostava de fazer - Representando os agricultores produtores de vinho.

 

Ele era um líder entusiasta do cooperativismo. Um exemplo de determinação, dedicação e amor pela agricultura e pelo vinho.

 

Ficamos um pouco órfãos com sua partida Seu Luiz, mas ficaremos com seu exemplo e lições.

 

Toda nossa solidariedade aos familiares e nos juntamos a dor desta perda.

 

Vai em paz e descansa na certeza do dever cumprido”.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.