Caminhoneira catarinense ajuda a divulgar campanha contra o câncer de mama

Com Volvo cor-de-rosa, Rosa Maria é a primeira a dirigir caminhão que saiu de fábrica já com a cor

Por Redação Oeste Mais

22/01/2016 12h37 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Veículo é o primeiro do modelo a sair cor-de-rosa direto de fábrica (Fotos: Reprodução/Facebook)

A caminhoneira catarinense Rosa Maria Richartz vai percorrer as rodovias brasileiras a bordo de um Volvo/FH cor-de-rosa, o primeiro veículo do modelo a sair de fábrica nessa coloração.

 

Há doze anos exercendo a profissão, representando a força feminina no segmento de transporte, a mulher de 34 anos recebeu a carreta junto com uma missão: auxiliar na conscientização da população no combate ao câncer de mama.

 

Proprietário da empresa em que Rosa Maria trabalha, Marcelo Gislon escolheu a figura da motorista para reforçar a campanha de prevenção. “A intenção é aproveitar a frota para chamar a atenção das pessoas quanto ao aspecto mais importante de nossas vidas, a saúde”, conta Marcelo, em entrevista à Ric Mais.

 

Além de estrear o veículo, a caminhoneira também fará a primeira viagem sozinha transportando a carcaça de um gerador de energia que pesa 60 toneladas.

 

A viagem exigirá paciência, já que o veículo com carga considerada especial é acompanhado pela PRF e não pode ultrapassar os 40 km/h.

 

Partindo de Jaraguá do Sul, o destino da primeira entrega é o estado de Mato Grosso, a quase três mil quilômetros, em uma viagem que deverá demorar de 20 a 30 dias.




COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.