Acidente com ônibus de turismo deixa dez mortos em rodovia de SP

Tragédia ocorreu na serra da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, que dá acesso a Campos do Jordão

Por Oeste Mais

10/06/2019 10:42 - Atualizado em 10/06/2019 10:42



Dez pessoas morreram após ônibus tombar em SP (Foto: Laurene Santos/TV Vanguarda)

Um acidente com um ônibus de turismo que tombou e atingiu outros cinco carros e uma moto deixou 10 mortos — cinco mulheres, três homens e duas crianças — e 51 feridos na noite deste domingo, dia 9, na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), em Pindamonhangaba (SP).

 

As causas do acidente serão apuradas, mas uma das vítimas que estava no ônibus disse que o coletivo parecia estar desgovernado. O veículo transportava moradores do litoral sul de São Paulo, que voltavam de uma excursão de um dia em Campos do Jordão. O passeio era uma celebração antecipada do Dia dos Namorados.

 

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram a afirmar que 17 pessoas tinham morrido no local do acidente, mas corrigiram a informação posteriormente.

Ônibus que tombou na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro ficou destruído (Foto: Vanessa Vantine/TV Vanguarda)

Os bombeiros foram acionados por volta de 21h30 para atender a ocorrência próximo a um dos túneis da rodovia, logo após o trevo de acesso a Santo Antônio do Pinhal, na altura do km 31,6.

 

Segundo testemunhas, o coletivo desgovernado, aparentemente sem freio, tombou e atingiu outros cinco carros e uma moto. A empresa dona do ônibus, que levava ao menos 30 passageiros, é a Brasil Santana, de Praia Grande. O veículo levaria uma excursão de volta a Cubatão.

 

A rodovia ficou totalmente interditada desde o momento do acidente e foi liberada por volta das 6 horas desta segunda-feira, dia 10. A viação Brasil Santana foi procurada, mas não tinha se manifestado até a última atualização desta reportagem.

 

As vítimas feridas foram socorridas e levadas para o Hospital Regional de Taubaté, Santa Casa de Pindamonhangaba e pronto-socorro de Campos do Jordão. Ao todo, 28 das 51 vítimas atendidas em hospitais da região receberam alta médica até as 9h20.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.