Inconformado com a imprudência de motoristas, fotógrafo registra realidade do trânsito em Chapecó

Nathan Cazella fotografou acidentes, velocidade e principalmente motoristas fazendo o uso do celular enquanto dirigem

Por Kiane Berté

21/10/2020 15h15 - Atualizado em 21/10/2020 18h31



Legenda da foto: "Num dá pra perder as fofocas" (Fotos: Nathan Cazella)

A imprudência no trânsito segue sendo um fato cotidiano na vida das pessoas, causando graves acidentes e deixando mortos e feridos. Os acidentes no trânsito, principalmente em rodovias federais, têm números altos no Brasil.

 

Um estudo realizado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação mostrou que, em 53,7% dos acidentes, a causa é a imprudência dos motoristas. Destes, 30,3% ocorrem por infração das leis de trânsito, enquanto 23,4% indicam falta de atenção do condutor. 

 

Além disso, no que se diz respeito a falta de atenção dos condutores, muitos deles são flagrados diariamente fazendo o uso do celular enquanto dirigem. E essa foi a imprudência que levou o fotógrafo Nathan Cazella, de 29 anos, a registrar a situação do trânsito na cidade de Chapecó onde reside há três anos.

Legenda da foto: "Um olho no zap e outro no volante. Ps: Tem uma rótula logo a frente" (Fotos: Nathan Cazella)

Nas redes sociais de Nathan, é possível notar que há algum tempo ele já vinha divulgando a indignação com este tipo de imprudência dos motoristas. Após meses de trabalho, acompanhando diariamente o trânsito, o profissional surpreendeu os seguidores com um álbum lançado em sua rede social, que levou o nome de "Por Onde Transito: Chapecó". 

 

Com 11 imagens, Nathan mostrou claramente acidentes, vidros estilhaçados, velocidade, carro parado no meio da avenida e sem ninguém dentro, e principalmente motoristas fazendo o uso do aparelho celular enquanto dirigem.

 

"Galera, resolvi fazer uma série com algumas fotos de algo que fico impressionado, o trânsito de Chapecó. Desde que praticamente comecei a morar aqui isso sempre me chamou muito a atenção, dos acidentes, dos vários "quase" que acontecem diariamente em Chapecó, e desses vários quase, um ou outro acontece, não é?! E não espero que levem como uma crítica e sim que sirva para UM POUCO DE CONSCIENTIZAÇÃO", compartilhou juntamente com as imagens em seu Facebook pessoal.

 

"O que mais me deixa chocado é a quantidade de pessoas que usam o celular dirigindo ao ponto de eu ter uma grande margem de "erros" nas fotos", brinca Nathan. "Não precisar me preocupar em "perder" uma foto, porque logo vem outra pessoa que eu consiga clicar", reflete ele, que já presenciou inúmeros acidentes em Chapecó. 


Quando questionado sobre o que sente enquanto está fotografando os momentos de imprudência, ele menciona a indignação. "Chego a achar graça de tão absurdo que é", comenta.

Motorista usando o celular no trânsito (Fotos: Nathan Cazella)
Legenda da foto: "Estilhaços de acidentes que você infelizmente encontra em quase todo cruzamento ou rótula" (Fotos: Nathan Cazella)






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.