Van que viajava de Chapecó ao Litoral se envolve em acidente com três mortes

Vítimas fatais ocupavam automóvel em colisão registrada no final da noite deste domingo

Por Oeste Mais

28/09/2020 09h53 - Atualizado em 28/09/2020 09h53



Três pessoas morrem e 16 ficam feridas em acidente na BR-470 (Foto: Corpo de Bombeiros)

Três pessoas morreram em um grave acidente na BR-470, em Blumenau, na noite deste domingo, dia 27. A colisão envolveu um carro e uma van, no km 60,9 da rodovia federal, pouco antes das 23 horas. As vítimas fatais estavam no automóvel, com placas de Indaial. Uma quarta vítima do carro ainda foi socorrida em estado grave.

 

Outros feridos eram ocupantes da van, que tinha placas de Balneário Camboriú, e era ocupada por 19 pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros. Dezesseis vítimas foram atendidas e encaminhadas para hospitais da região. Outros três ocupantes não foram conduzidos, incluindo o motorista.

 

A van seguia viagem de Chapecó para Balneário Camboriú. A esposa do motorista, Rosimar Vieira, disse ao site ND+ que não estava na van, mas mantinha contato com o marido para saber como estava a viagem, que transcorria normalmente até o momento do acidente.

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Blumenau, o motorista do Palio perdeu o controle do carro, rodou na pista e bateu de lado contra a frente da van. Os bombeiros determinaram a dinâmica do acidente de acordo com relatos do motorista da van, Valmor Vieira, de 49 anos.

 

“Ele vinha de Chapecó, foi levar uma família para visitar uns parentes que estavam doentes e estavam voltando, já estava bem pertinho”, disse a esposa do condutor da van. “Eles tinham tomado um café e estava tudo bem até aquela hora, mas ele está muito abalado, está muito difícil, até tive que levar ele para o hospital de madrugada. Ele disse que o carro rodou na pista e não teve como desviar”, contou Rosimar.

 

Ainda segundo os bombeiros, as vítimas da van tiveram múltiplas fraturas por conta do efeito “prensa” causado pelo deslocamento dos assentos de passageiros. As 16 pessoas que precisaram de atendimento foram encaminhadas para quatro hospitais da região.

 

A rodovia chegou a ficar interditada para o atendimento e resgate dos feridos, mas foi liberada durante a madrugada desta segunda-feira, dia 28.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.