Nota de esclarecimento sobre acidente com vítima fatal na BR-282, em Catanduvas

Por Oeste Mais

20/07/2020 16h17



Considerando a notícia de acidente com vítima fatal na BR-282, em Catanduvas, publicada às 14h31 do dia 13 de julho de 2020, com a seguinte manchete: “Motorista atropela e mata pedestre, e depois foge sem prestar socorro”, o Oeste Mais, cumprindo seu compromisso de primar sempre pela verdade, informa que o motorista envolvido no acidente, utilizando os recursos que dispunha no momento, comprovou ter prestado os primeiros socorros à vítima, conforme a ata notarial enviada à redação.

 

De acordo com o documento, ainda do local do acidente, o motorista utilizou o próprio telefone para acionar o socorro por cinco vezes, ligando às 00h01h à Polícia Militar (190); às 00h02 à Polícia Rodoviária Federal (191); às 00h02 à Polícia; às 00h04, por duas vezes, ao Corpo de Bombeiros (193); e, novamente, às 00h05 à Polícia Rodoviária Federal (191).

 

Quanto ao fato da expressão publicada, “fugiu do local”, realmente, o motorista não permaneceu no local do atropelamento. No entanto, o advogado que o representa, considerando o lapso temporal entre o município de Xanxerê (SC) e o município de Catanduvas (SC), aponta que imediatamente procurou a Polícia Rodoviária Federal e, consequentemente, a Delegacia da Polícia Civil de Joaçaba (SC) para a apresentação de seu cliente junto à delegacia da comarca de Catanduvas, responsável pela conclusão do inquérito policial.

 

Assim, conforme transcrito acima, com a finalidade de manter a isonomia e apresentar documentos que comprovem a conduta do motorista envolvido na ocorrência, inclusive para que julgamentos precoces sejam evitados, o Oeste Mais reforça seu compromisso e responsabilidade pela veracidade dos fatos, informando com base em documentos e fontes.

 

Sem mais, assinamos a presente nota e colocamo-nos ao inteiro dispor para quaisquer outros esclarecimentos.

 

Atenciosamente,

Portal Oeste Mais


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.