PRF faz análise de acidentes fatais envolvendo motociclistas no estado

Mortes no mês de outubro foram abaixo da média anual em rodovias federais

Por Jeferson Rubens Coppini

23/11/2015 10h47 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Ao todo, quatro motocilistas morreram em rodovias federais no mês de outubro em Santa Catarina (Foto: PRF)

A Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina realizou um estudo que analisa o número de óbitos de motociclistas em rodovias federais no estado catarinense.

 

Em 2014 a PRF/SC registrou uma média de 45 mortos por mês nas rodovias federais de Santa Catarina. Em outubro de 2015 foram 26 mortes, um número bem abaixo da média anual do Estado.

 

Entre as 26 vítimas fatais dos acidentes de trânsito, quatro foram motociclistas que faleceram ainda no local das ocorrências.

 

A partir destes dados, a PRF apresentou algumas estatísticas que traçam o perfil dos acontecimentos. Segundo o órgão, todas as motos envolvidas em acidentes fatais eram de pequeno porte, entre 100 a 150 cilindradas.
 

Em 75% dos acidentes fatais envolvendo motociclistas, os condutores tinham entre 20 e 29 anos. O horário das colisões, entre às 20h30 e 22h30, também teve a mesma porcentagem.


Ainda conforme os dados, metade dos acidentes ocorreu na BR-470, e 75% foram em rodovias de pista simples. A região Oeste de Santa Catarina não teve nenhuma morte de motociclista registrada durante o mês de outubro.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.