Trecho da BR-153 em Irani é incluído em pacote de concessões

Reunião entre autoridades políticas da região e ministro dos Transportes ocorreu em Brasília

Por Jeferson Rubens Coppini

16/10/2015 15h06 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



O Ministério dos Transportes decidiu incluir o trecho da BR-153, que liga o trevão de Irani à divisa com o Rio Grande do Sul, no pacote de concessões à iniciativa privada. O trecho de 62 quilômetros vai fazer parte da concessão que inicia nos portos de Itajaí e Navegantes, pela BR-470, chegando até a BR-282 e o entroncamento da BR-153 em Irani. O lançamento do pacote de concessões deve ocorrer em março de 2016.

O deputado Jorginho Mello comemorou a decisão do Ministério dos Transportes. Na visão dele, a medida vai beneficiar a região Oeste de Santa Catarina. ?Desde que saiu a primeira notícia da exclusão do trecho da BR-153 no pacote de concessões, mobilizei as associações de Concórdia e batalhei junto ao Ministério pela inclusão, pois é uma região onde tem um escoamento e produção econômica muito forte?, afirmou o parlamentar.

Os prefeitos de Concórdia, João Girardi, e Irani, Mauri de Lima, além dos diretores da Associação Comercial de Concórdia, Maria Luisa Lasarim e Sérgio Radim, acompanharam a reunião e também ficaram satisfeitos com a decisão. ?Comemoramos a decisão tomada pelo ministro, que vai beneficiar em muito Irani e toda a nossa região?, disse Mauri.

O prefeito ainda aproveitou a oportunidade para solicitar a construção de uma passarela na BR-153, argumentando que a obra dará mais segurança à população.

De acordo com o Ministério dos Transportes, agora as empresas serão habilitadas a fazerem estudos no trecho de concessão para realizar audiências públicas e apresentar o projeto à comunidade.



COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.