Quedas de árvores e danos em imóveis são registrados em municípios do Oeste

Tempestade registrada na manhã desta quarta-feira provocou prejuízos na região

31/10/2018 10:46 - Atualizado em 31/10/2018 11:06


Xaxim registrou queda de árvores nesta quarta-feira (Foto: Defesa Civil)

A chuva forte desta quarta-feira, dia 31, provocou estrados em vários municípios do Oeste catarinense. Segundo a Defesa Civil estadual, rodovias foram interditadas por queda de árvores, interrupção de distribuição de energia elétrica e danos em residências.

 

A forte chuva em Xaxim, acompanhada por rajadas intensas de vento e granizo, afetou ao menos 50 residências. A Defesa Civil Municipal e o Corpo de Bombeiros trabalham nos danos desde as 6h30.

 

Em Chapecó há registro de destelhamento em três bairros: Efapi, Cristo Rei e Água Amarela. Também há ocorrências de queda de árvores em Descanso, Bandeirante, São Miguel do Oeste, Anchieta e Tunápolis.

 

Já em Passos Maia, quatro residências foram danificadas e houve queda de árvores. Duas residências foram afetadas em São Lourenço, por chuva e rajadas intensas de vento. Em Ponte Serrada a chuva também fez danos em edificações.

Queda de árvore na BR-282 em Vargem Bonita (Foto: PRF)

Rodovias

 

Segundo a Defesa Civil Estadual, a rodovia SC-155, entre Seara e Itá, foi parcialmente interditada por quedas de árvores. O mesmo ocorreu entre Iporã do Oeste e Itapiranga, na SC-163, e entre Iporã do Oeste e Mondaí, na SC-386. Também houve queda de árvores na SC-459, entre Xaxim e Lajeado Grande.

 

Em rodovias federais, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-282, entre Maravilha e São Miguel do Oeste, registrou quedas de árvore. Às 9 horas a PRF informou que a maioria já havia sido retirada, mas a região estava sujeita a novos desmoronamentos.

 

Na BR-153, em Vargem Bonita, a tempestade derrubou galhos de árvores na via. Por volta das 10 horas, bombeiros estavam no local para a remoção dos galhos e limpeza do trecho.

Árvores caíram e casas foram destelhadas em Chapecó (Foto: Defesa Civil)

Do G1/SC


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.