Equipes seguem mobilizadas para reparar estragos por temporais no Oeste

Municípios de Descanso e Belmonte foram os mais atingidos

Por Oeste Mais

12/06/2020 08h58 - Atualizado em 12/06/2020 09h07



Equipes do governo do estado seguem mobilizadas no trabalho de apoio aos municípios atingidos por fortes temporais no Oeste catarinense. Ao longo desta quinta-feira, dia 11, os profissionais entregaram itens de ajuda humanitária e atuaram para o restabelecimento de serviços aos moradores da região.

 

Em função dos fortes ventos e chuvas, a Celesc registrou ocorrências nas regiões de Concórdia, São Miguel do Oeste e Chapecó. Cerca de 5,6 mil unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica até o final da tarde.

Entrega de telhas em Ipuaçu (Foto: Divulgação/DCSC)

A Casan também registrou problemas no abastecimento e tratamento da água. As principais ocorrências foram nos municípios de Descanso e Belmonte. Os sistemas de abastecimento de água da Casan ficaram sem energia por um longo período. Com isso, o tratamento chegou a ficar interrompido, mas retornou ainda no fim da manhã de quinta-feira. O município de Descanso chegou a ser atendido com carro-pipa.

 

As ocorrências também afetaram os municípios de Ipumirim, Treze Tílias, Riqueza, Cunhataí, Coronel Freitas, Lindóia do Sul, mas a situação do abastecimento já foi normalizada.

 

Suporte aos atingidos

 

Efetivos do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e equipes da Defesa Civil atuam desde a noite de quarta-feira, dia 10, na assistência às famílias atingidas pelo desastre natural. O trabalho começou imediatamente com o envio de materiais como lona, telhas e colchões para as famílias dos municípios mais afetados, como Descanso, Belmonte e Ipuaçu. Somente em telhas de fibrocimento foram distribuídas mais de 700 unidades em Ipuaçu.

 

Os levantamentos sobre as necessidades de itens de ajuda humanitária ainda estão sendo realizados na região.

 

Secretaria da Agricultura e Epagri fazem levantamento

 

A Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural e a Epagri estão fazendo o levantamento dos impactos na área rural e na produção agropecuária. Desde quarta-feira, técnicos mantêm contato com lideranças e representantes do setor produtivo para receber as principais demandas. A equipe estuda maneiras de apoiar os produtores rurais atingidos pelos temporais.

 

Municípios de Descanso e Belmonte foram os mais atingidos

 

Desde a última terça-feira, dia 9, a Defesa Civil emitiu alerta para um sistema de baixa pressão com potencial para fortes temporais em algumas regiões de Santa Catarina. Vários municípios do Oeste e Extremo-Oeste registraram danos provocados por chuvas volumosas ou ventos de forte intensidade. Belmonte e Descanso foram os mais afetados.

 

No município de Descanso os ventos intensos atingiram residências. A tempestade também derrubou árvores e postes de energia elétrica. Diversas famílias ficaram desalojadas e foram para a casa de parentes.

 

Também registraram danos os municípios de Ipuaçu, Campos Novos, Coronel Freitas, Águas de Chapecó, São Carlos, Nova Itabeiraba, Saudades, Cunha Porã, Irani, Iporã do Oeste.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.