Projeto piloto de internet rural é apresentado a prefeitos do Oeste

Reunião foi realizado nesta semana na sede da Agência de Desenvolvimento Regional de Xanxerê

Por Oeste Mais

24/03/2017 08:11 - Atualizado em 31/01/2018 23:11



Reunião com prefeitos ocorreu na ADR de Xanxerê (Foto: Divulgação)

Uma reunião com prefeitos dos municípios que compreendem a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Xanxerê foi realizada nesta semana para tratar sobre o Projeto Piloto de Comunidades Rurais Digitais (PPCRD).

 

O projeto é financiado pelo Banco Mundial, através do Programa SC Rural, com investimento em torno de R$ 5,5 milhões. Atualmente, 11 municípios participam do projeto, que encerra na metade do ano. Entre os que compreendem a ADR de Xanxerê, Ipuaçu está sendo contemplado e faz parte do projeto piloto.

 

O encontro em Xanxerê foi promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca e SC Rural, através da Gerência de Tecnologia da Informação e Governança Eletrônica, que tem Fabio Ferri como gerente.

 

Ele explica que levar a internet e a telefonia para as comunidades rurais é uma forma de inserir a tecnologia na vida das pessoas e ainda contribuir com os jovens que estão no campo. “A gente percebe que se não dermos um sinal de internet de qualidade para o jovem que está no campo, ele não tem motivos para ficar. Sabemos que hoje o êxodo rural é muito grande e precisamos inserir a tecnologia, facilitar este acesso tanto para os jovens quanto para os produtores rurais”.

 

Funcionamento

 

O governo do estado, por meio da Secretaria de Agricultura e SC Rural, fornece todo o equipamento de instalação, torres e irá custear o link por 24 meses.  O único custo que o morador terá será com a compra de uma antena de captação de sinal.

 

A Secretaria de Estado da Agricultura e o SC Rural estão reunindo os prefeitos nas ADRs do estado para socializar o projeto e assessorar os municípios que queiram aderir ao programa. “Hoje a agricultura representa cerca de 94% da economia, e é por isso que precisamos ajudar quem gera nossas riquezas”, considera Fabio Ferri.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.