Instagram proíbe posts que estimulem suicídio e automutilação

Memes, desenhos, charges e até trechos retirados de filmes podem passar a ser bloqueados pela rede social para proteger os usuários

Por Oeste Mais

29/10/2019 09:58 - Atualizado em 29/10/2019 09:58



O Instagram vai proibir a reprodução de memes, desenhos, charges e até conteúdos que foram retirados de filmes que façam alusão ao suicídio ou a automutilação. A nova medida foi anunciada no domingo, dia 27, pelo Adam Mosseri, chefe da rede social.

 

O chefe do Instagram explica que a mudança está sendo colocada em prática devido aos casos de jovens que consomem o suicídio depois de visualizar esse tipo de conteúdo na plataforma. Desde fevereiro, a empresa monitora postagens com conteúdo que possa incentivar ou promover o ato.

 

Mosseri relata os efeitos da nova medida de segurança: “Nos três meses seguintes à mudança de política, removemos, reduzimos a visibilidade ou adicionamos telas de sensibilidade a mais de 834.000 partes de conteúdo. Conseguimos encontrar mais de 77% desse conteúdo antes de nos ser relatado”.

 

Em reposta, perfis que publicarem material relacionado ao suicídio ou automutilação, terá a diminuição do alcance da conta. Além disso, a plataforma irá oferecer ajuda aos usuários que partilham esse conteúdo, como recomendar o número de telefone de entidades que oferecem auxílio.

Com informações do R7


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.