LG vai encerrar operações mundiais no mercado de celulares

Sindicato diz que 400 dos 1 mil empregos na unidade do interior de SP devem ser atingidos com fim das operações

Por Oeste Mais

05/04/2021 10h32



A LG anunciou nesta segunda-feira, dia 5, que vai encerrar as operações mundiais no mercado de celulares. A medida deve impactar diretamente a fábrica de Taubaté, no interior de São Paulo, a única da empresa sul-coreana no Brasil voltada para a produção de smartphones. A unidade, que também produz monitores, tem cerca de 1 mil funcionários. Desse total, 400 estão alocados na área celulares.

 

Com o anúncio desta segunda-feira, a LG se torna a primeira grande empresa que produz celulares a se retirar deste mercado.

 

A justificativa oficial é de que a decisão permitirá que a empresa concentre seus recursos em outras áreas que gerem lucro aos sul-coreanos, como componentes para veículos elétricos, dispositivos conectados, casas inteligentes, robótica, inteligência artificial, entre outros.

 

Em nota, a empresa informou que ainda oferecerá suporte de serviço para quem tem aparelhos da marca por mais algum tempo, que será determinado a depender de cada região do mundo.

 

Ainda de acordo com a LG, os modelos já produzidos de celulares devem ser vendidos até 31 de julho, quando a empresa acabará definitivamente com a sua área de smartphones. 

Modelos já produzidos devem ser vendidos até 31 de julho, quando a empresa acabará definitivamente com a sua área de smartphones (Foto: TV Vanguarda)

Com informações da Folha de Alphaville


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.