SC tem mais de 700 casos de dengue confirmados em 2019; veja os municípios

Do total, 609 são autóctones, com transmissão dentro do estado, e 56 importados, transmissão fora

Por Oeste Mais

24/05/2019 08:50 - Atualizado em 24/05/2019 08:50



Santa Catarina tem 87 municípios considerados infestados pelo Aedes aegypti. Já foram identificados 17.568 focos do mosquito em 181 municípios desde o início de 2019. São 710 casos de dengue confirmados (609 autóctones, com transmissão dentro do estado, e 56 importados, transmissão fora do estado).

 

Os números constam no mais recente relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), divulgado nesta quinta-feira, dia 23. Em comparação com o último boletim, da semana passada, houve a confirmação de mais 124 casos autóctones e sete casos importados.

 

O balanço mostra que o município de Itapema, no Litoral Norte do estado, está em condição de epidemia de dengue. De acordo com o boletim, Itapema apresenta o maior número de casos autóctones (297) no estado, com uma taxa de incidência de 469,6 casos por 100 mil habitantes.

 

Casos em SC

 

Outros municípios com casos autóctones são Camboriú (106), Porto Belo (45), Cunha Porã (30), Itajaí (16), Florianópolis (9), Navegantes (9), Balneário Camboriú (8), Maravilha (6), Bombinhas (4), Joinville (3), Chapecó (1) e São Miguel do Oeste (1), além de 74 casos indeterminados.

 

Nos contraídos fora de Santa Catarina os pacientes são de Florianópolis (10), Blumenau, Itajaí e Joinville (5 casos cada), Chapecó (4), Imbituba e Xanxerê (3 casos cada), Brusque, Palmitos, São José e Seara (2 casos cada), Balneário Camboriú, Campos Novos, Canoinhas, Faxinal dos Guedes, Laguna, Navegantes, Orleans, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Videira e Xaxim (1 caso cada).

 

As 87 cidades consideradas infestadas pelo mosquito, conforme a Dive-SC:



Febre de chikungunya

 

O número de casos de febre de chikungunya também subiu. São oito casos em Santa Catarina, todos contraídos fora do estado. Os pacientes são moradores de Balneário Camboriú, Brusque, Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Pinhalzinho e Tubarão. Eles possivelmente foram infectados nos estados de São Paulo, Pará, Rio de Janeiro e Maranhão.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.