Santa Catarina registra 15 casos de sarampo, divulga Dive

Florianópolis é a cidade com maior número de casos, sendo dez ao todo

19/08/2019 17:35 - Atualizado em 19/08/2019 17:35



Santa Catarina já registra 15 casos confirmados de sarampo e cinco estão em investigação, divulgou nesta segunda-feira, dia 19, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC). Até a última quinta-feira, dia 15, eram dez casos da doença confirmados no estado e outros dez em investigação.

 

Florianópolis é a cidade com maior número de casos, sendo dez ao todo. Conforme a prefeitura, quatro deles foram contraídos na própria cidade. Isso significa que pacientes que adoeceram fora da capital catarinense já transmitiram a doença localmente.

 

Guaramirim e Barra Velha, no Norte catarinense, registram um caso cada. Outras três pessoas com sarampo eram tripulantes de um navio que atracou no litoral catarinense em fevereiro.

 

A Dive-SC considera todos os casos do estado importados, inclusive os de Florianópolis. A área técnica justifica que, mesmo que o contágio tenha ocorrido no município, ele é decorrente de um caso importado.

 

Dos casos confirmados, sete pessoas têm entre 20 e 29 anos. Outros três paciente têm entre dez e 14 anos. Há um caso confirmado para cada uma das seguintes faixas etárias: entre um e quatro anos, cinco e nove anos, 15 e 19 anos, 30 e 39 anos, bem como 40 a 49 anos.

 

O estado catarinense está com com surto ativo de casos importados de sarampo. Segundo a Dive-SC, a partir de um caso confirmado é dada a nomenclatura de surto ativo.

Do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.