Professor que contraiu coronavírus diz que venceu doença com uísque e mel

Docente britânico foi um dos primeiros a contrair a doença

Por Oeste Mais

04/02/2020 08h16 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Um professor de inglês britânico, de 25 anos, foi o primeiro a contrair o coronavírus em Wuhan e diz já ter vencido a doença, sem precisar fazer uso de medicamentos.

 

O jovem docente relatou ao The Sun que resolveu se medicar através de uísque e mel, em vez de usar o que foi prescrito pelos médicos. Ele foi diagnosticado com a doença há cerca de dois meses. Foi internado durante duas semanas na cidade chinesa após ter sentido dificuldades respiratórias acompanhadas por tosse forte, sintomas habituais do vírus.

 

"Usei o inalador que ajudou a controlar a tosse e bebi um uísque quente com mel até que acabasse", assumiu Reed acrescentando: "É um remédio antiquado, mas parecia funcionar".

 

O professor afirma ainda que foi sugerido que tomasse o seu lugar no voo onde seguiram os repatriados de vários países, mas não quis assumindo: "Eu sou a prova de que o coronavírus pode ser vencido".

Com informações do Correio da Manhã


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.