Colchão, travesseiro e posição adequados previnem lesões na coluna, alerta especialista

Médico ortopedista e traumatologista diz que sono de qualidade contribui para a saúde física

Por Oeste Mais

23/08/2019 12:43 - Atualizado em 23/08/2019 12:43



Após uma rotina diária agitada para executar todas as atividades profissionais e pessoais, é fundamental descansar o corpo e a mente para o equilíbrio emocional e a saúde física. Dormir bem é essencial para renovar a vitalidade e enfrentar os desafios do próximo dia, além de eliminar possíveis dores musculares causadas pela tensão e o excesso de atividades cotidianas.

 

As orientações são do médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann. Ele reforça que para um sono de qualidade é preciso observar características do colchão e do travesseiro, além de analisar as posições mais adequadas para prevenir lesões na coluna.

Joaquim Reichmann é médico ortopedista e traumatologista (Foto: MB Comunicação)

Segundo o especialista, é importante, durante a noite, mudar várias vezes de posição, já que a permanência por muito tempo pode ocasionar desconforto e dor. "Quem sente dor no pescoço ou na lombar deve redobrar os cuidados com as posturas que adota ao dormir, além de utilizar travesseiros e colchões adequados", explica.

 

Reichmann explica que a dureza do colchão deve ser suficiente para suportar o peso do corpo e não comprimir as saliências ósseas. "Ao comprar um colchão, o cliente deve deitar-se por alguns minutos para verificar seu conforto. Também é fundamental observar que pessoas mais pesadas precisam de um colchão de alta densidade de espuma. O ideal são os colchões produzidos com densidades variáveis, que podem ser utilizados por qualquer pessoa, pois se modela ao corpo", complementa.

 

Outro detalhe observado por ele é o travesseiro, que deve ter uma altura suficiente para manter a coluna cervical alinhada com a coluna dorsal. Para fazer um teste, a pessoa deve deitar-se de costas sem travesseiro, assim a cabeça cairá para trás. Coloca-se, então, um ou dois travesseiros até sentir a cabeça alinhada. Para deitar de lado, a distância da extremidade do ombro e da cabeça determinará o número de travesseiros necessários.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.