Agentes de saúde de SC são capacitados para orientar sobre doação de órgãos

Santa Catarina é o segundo estado com mais doações no país

Por Oeste Mais

06/09/2019 10:08



Agentes de saúde dão orientações sobre a doação de órgãos às famílias catarinenses. Na última década, mais de mil profissionais da saúde foram preparados.

 

Segundo o G1, em 2007 apenas 30% das famílias abordadas em Santa Catarina concordavam com a doação de órgãos dos familiares. Depois de 2010, com uma abordagem diferenciada, os índices mudaram. A maioria das famílias diz sim. Nesse último mês foi ainda melhor, 71,9% das pessoas abordadas concordaram com a doação.

 

De acordo com o coordenador do programa, Joel Andrade, "sempre que um coordenador tem por primeiro objetivo acolher família e relatar do modo que merece, a família devolve com um 'sim'. Sempre que a primeira intenção é buscar um doador, a família desconfia e diz pra ele não”.

 

Por causa da aceitação destes familiares, 903 vidas foram salvas em agosto deste ano em Santa Catarina. O estado só perde em número de doações para o vizinho, Paraná. A região está entre as dez maiores do mundo em doação de órgãos para transplantes.

 

Para se tornar doador de órgãos no Brasil, basta comunicar os familiares sobre o desejo de doar, pois a doação só será realizada com a autorização da família.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.