143 municípios não tiveram registro de óbitos por coronavírus em agosto

Número representa uma melhora significativa em relação a julho

Por Redação Oeste Mais

03/09/2021 09h09 - Atualizado em 03/09/2021 09h09



Dados da Secretaria Estadual da Saúde apontam que 143 municípios catarinenses não registraram nenhum óbito em decorrência da Covid-19 no mês de agosto, segundo notificações encaminhadas pelas gestões municipais. O número representa uma melhora significativa em relação a julho, quando 98 cidades não tiveram mortes causadas pelo coronavírus.

 

O número de municípios sem óbitos em agosto é o maior desde novembro de 2020, quando 159 não registraram mortes. O governador Carlos Moisés atribui a melhora dos números ao avanço da vacinação. Nesta quarta-feira, dia 1º, Santa Catarina chegou à marca de sete milhões de doses aplicadas.

 

"Os últimos três meses foram de avanços intensos na imunização dos catarinenses, consolidando o nosso estado entre os cinco que mais vacinam no Brasil. É preciso que todos completem a vacinação com a segunda dose e fiquem atentos às próximas etapas. Só assim vamos superar a pandemia e voltar à normalidade", afirmou.

 

Os municípios mais populosos da lista dos que não registraram óbitos em agosto são Biguaçu, Braço do Norte, Sombrio, Forquilhinha, Guabiruba, Itaiópolis, Urussanga, Garuva, Seara e Governador Celso Ramos. Os 143 somam uma população de aproximadamente 936 mil habitantes.

 

Confira a lista dos municípios da região sem óbitos em agosto:

 

Água Doce

Águas Frias

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Catanduvas

Caxambu do Sul

Cordilheira Alta

Coronel Martins

Cunha Porã

Descanso

Entre Rios

Iomerê

Ipira

Itá

Jaborá

Lacerdópolis

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Passos Maia

Presidente Castello Branco

Riqueza

Romelândia

São Domingos

Seara

Vargeão

Vargem Bonita

Xavantina

Zortéa


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.