Redistribuição de doses da vacina contra a Covid-19 socorre municípios com estoque zerado

Distribuição iniciou na manhã desta quinta-feira

Por Redação Oeste Mais

15/07/2021 10h09 - Atualizado em 15/07/2021 10h12



O Governo do Estado irá remanejar 125 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz, que estavam armazenadas na Rede de Frio Estadual, com o propósito de acelerar o ritmo da vacinação em Santa Catarina, enquanto o Ministério da Saúde não efetua a entrega de novas doses da vacina contra a Covid-19. Distribuição iniciou nesta quinta-feira, dia 15.

 

“Essas vacinas estavam reservadas para aplicação da segunda dose, mas, como o Ministério da Saúde já confirmou que deve enviar ao Estado, nos próximos dias, uma nova remessa com esse mesmo quantitativo, optamos por antecipar a distribuição com as vacinas que estavam armazenadas, tendo em vista que muitos municípios já estão com os estoques zerados para a aplicação da primeira dose”, explicou o superintende de vigilância em saúde, Eduardo Macário.

 

Desta forma, quando a remessa com 125 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz, já confirmada pelo Ministério da Saúde, chegar ao Estado, ela será reservada à aplicação da segunda dose (D2).

 

O diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck, ressalta que essa iniciativa vai agilizar a vacinação no Estado, uma vez que, apesar da confirmação do Ministério de que Santa Catarina vai receber novas doses, ainda não há prazo definido para que elas cheguem. 

 

A distribuição das 125 mil doses para as 17 centrais regionais teve início já na manhã desta quinta, 15, e vai contemplar todos os 295 municípios catarinenses de forma proporcional. Os municípios devem destinar 30% das doses para a vacinação dos trabalhadores industriais e 70% para a vacinação da população em geral, de 35 a 39 anos, de forma decrescente.

 

A distribuição começa a partir das 7h30, com o envio, via terrestre, das doses para as centrais da Grande Florianópolis, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Blumenau, Jaraguá do Sul, Joinville, Itajaí, Lages e Rio do Sul. As doses das centrais de São Miguel do Oeste, Chapecó, Mafra e Videira serão distribuídas pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar, com previsão de decolagem às 8h30. As vacinas das centrais de Xanxerê e Concórdia serão retiradas em Chapecó e as de Joaçaba, em Videira.

 

Coronavac

 

Nesta remessa, também serão encaminhadas às centrais regionais 63.100 doses da vacina Coronavac, para uso como segunda dose (D2), visando a garantir que os esquemas iniciados no dia 25 de junho sejam completados.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.