Hospital Regional São Paulo completa 47 anos

Atendimento ao público iniciou no dia 22 de abril de 1974, porém, a inauguração oficial aconteceu somente em 19 de julho de 1974

Por Oeste Mais

06/07/2021 09h25 - Atualizado em 06/07/2021 09h25



HRSP atualmente (Fotos: Divulgação)

No próximo dia 19 de julho, o Hospital Regional São Paulo (HRSP), de Xanxerê, estará completando 47 anos de história.

 

Era tradição comemorar a data com os colaboradores e a comunidade, mas devido a pandemia que o mundo enfrenta, este ano será diferente. Um mural com fotos dos funcionários será montado no hall de entrada do hospital como forma de homenagear todos os colaboradores.

 

Todas as terças-feiras, será postado nas redes sociais do HRSP um depoimento de colaboradores do hospital; todas as quintas-feiras haverá uma postagem com fotografias antigas, relembrando um pouco da história do hospital.

 

Já no domingo, dia 18, haverá uma Missa na Igreja Matriz da cidade de Xanxerê, e na segunda-feira, dia 19, toda a equipe da unidade receberá um presente para marcar a data, além de acontecer uma celebração de aniversário que terá a participação de membros da Associação Educacional e Caritativa (ASSEC), que é a entidade mantenedora do HRSP.

HRSP no passado (Foto: Divulgação)

Atualmente o HRSP tem em sua estrutura 200 leitos, entre eles, UTI Geral: 10 leitos SUS e 01 leito Privado; Uti Neonatal: 10 leitos; Uti Covid: 20 leitos e Enfermaria Covid: 08 leitos. Atuam atualmente no HRSP 565 colaboradores, destes 46 homens e 519 mulheres, além de prestadores de serviços terceirizados e médicos. É importante destacar que o HRSP cumpre a legislação federal e tem 21 colaboradores portadores de necessidades especiais contratados. Em 2020, mesmo sendo um ano atípico em razão da pandemia da Covid-19, o HRSP realizou 4.750 cirurgias; 1.348 nascimentos; 7.795 internações e 36.315 atendimentos na Emergência. Em média, são realizados 2 mil atendimentos no ambulatório de Especialidades Médicas e quanto a exames: são 12,7 mil exames laboratoriais, 3,5 mil Raio X, 500 Mamografias e 350 Tomografias. É um hospital importante para o Sistema de Saúde do Estado de Santa Catarina, com atendimentos para a população de todo o grande Oeste Catarinense, especialmente na alta complexidade em cardiologia. Cardiologia O Hospital Regional São Paulo é referência em cardiologia de alta complexidade para o Oeste de Santa Catarina.

 

Conforme a cardiologista/ ecocardiografista e coordenadora da residência médica da cardiologia do Hospital Regional São Paulo (HRSP), de Xanxerê, Marines Bertolo Peres, trazer a cardiologia dos grandes centros para a região Oeste era o propósito da equipe.

 

“A união de forças no grupo médico-hospitalar, comunidade e estado, aliada a necessidade dos procedimentos em cardiologia aqui na região propiciou à comunidade este grande e inestimável serviço que hoje tem uma das maiores médias mensais de atendimento ao público no estado catarinense”, frisa a profissional.



A área de abrangência do hospital, em relação ao setor de cardiologia, vai de Caçador a Dionísio Cerqueira atendendo 1,3 milhão de habitantes. Já na urgência e emergência o atendimento concentra-se aos habitantes da região da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI) A história O Hospital Regional São Paulo surgiu pela iniciativa de um grupo da comunidade local chamado de “Sociedade São Paulo”, com o objetivo de construir um hospital para atender os habitantes da cidade de Xanxerê e região.

 

A mobilização iniciou na década de 1960, mas a obra física só foi concluída em 1973. Como havia a necessidade de equipar o prédio e efetuar a contratação de funcionários e médicos, a Sociedade São Paulo decidiu efetuar a doação do Hospital para o Governo do Estado de Santa Catarina.

 

Foi então que o Estado procurou a Associação Educacional e Caritativa (ASSEC), entidade das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora, para que assumisse a gestão do Hospital. O acordo entre o Governo do Estado e a ASSEC, foi firmado em 14 de dezembro de 1973, sendo que o Estado se comprometeu em disponibilizar os equipamentos básicos ao Hospital, para que então a gestão passasse a ser exercida pela associação.

 

O início do ano de 1974 foi marcado pelo trabalho intenso das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora no Hospital Regional São Paulo, que cuidaram desde a limpeza do prédio, que estava fechado desde a conclusão da obra, até a montagem e organização de todos os equipamentos e materiais que seriam necessários para a abertura da instituição.

 

O atendimento ao público iniciou no dia 22 de abril de 1974, porém, a inauguração oficial aconteceu somente em 19 de julho de 1974, por ocasião da visita do então governador Colombo Sales ao município de Xanxerê.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.