Agência aprova primeiro medicamento para Alzheimer em quase 20 anos

Aduhelm foi aprovado pelo órgão americano sob via acelerada especial e é projetado para corroer placa responsável pela perda de memória

Por Oeste Mais

09/06/2021 15h52



A Food and Drug Administration (FDA), agência que regula fármacos e alimentos nos Estados Unidos, aprovou o novo medicamento da empresa farmacêutica Biogen para o tratamento da doença de Alzheimer.

 

O medicamento é projetado para corroer a placa que se acumula no cérebro de pacientes com a doença — os cientistas teorizam que a placa é a responsável por matar as células cerebrais e causar a perda de memória.

 

Nos Estados Unidos, quase 6 milhões de americanos têm Alzheimer, tornando o tratamento uma oportunidade de receita para empresas farmacêuticas. A Biogen estima que cerca de 1,5 milhão de americanos seriam elegíveis para o tratamento, que é administrado por infusão mensal.

 

A droga, que será vendida sob a marca Aduhelm, é a primeira a ser aprovada para o tratamento de Alzheimer desde 2003. O último remédio inteiramente novo, o Namenda, foi voltado para o tratamento de formas moderadas a graves da doença.

 

Os outros medicamentos que chegaram ao mercado desde então foram combinações de produtos novos e existentes. Só a Biogen investiu mais de 2 bilhões de dólares no desenvolvimento do medicamento e outras drogas experimentais de Alzheimer.

Medicamento é projetado para corroer a placa que se acumula no cérebro de pacientes com a doença (Foto: Divulgação)

Com informações da Exame


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.