Santa Catarina recebe mais 203.250 novas doses da vacina AstraZeneca

Doses devem ser distribuídas a partir desta quarta-feira dia 26, às regionais do estado

Por Redação Oeste Mais

26/05/2021 09h08 - Atualizado em 26/05/2021 09h08



Santa Catarina recebeu na noite desta terça-feira, dia 25, uma nova remessa com mais 203.250 doses da vacina do laboratório AstraZeneza/Fiocruz. As vacinas chegaram ao aeroporto de Florianópolis às 23h30 e, após o desembarque, foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio onde a equipe da DIVE fez a recepção e organizará a logística de distribuição para as 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVEs).

 

A distribuição deste novo lote começa na quarta-feira, dia 26, no período da tarde. Com mais essa remessa, o estado soma um total de 3.206.200 doses de vacinas Covid-19 recebidas até o momento.

 

Todas as 203.250 doses recebidas nesta remessa serão enviadas aos municípios para aplicação da dose 1 (D1), ampliando o número de pessoas que irão iniciar o esquema vacinal, que é composto por duas doses, com intervalo de 12 semanas entre elas. A tabela com a quantidade de doses que será entregue para cada município será divulgada na tarde desta quarta.

 

“O Estado de Santa Catarina sempre distribuiu as vacinas com agilidade e, agora, é preciso que os municípios avancem na vacinação das comorbidades e dos outros grupos prioritários”, destacou o secretário André Motta Ribeiro, que nesta quarta e quinta-feira cumprirá agenda em Brasília para tratar da vacinação junto ao Ministério da Saúde.

 

“Os estados do Sul enfrentarão um período de inverno em que, tradicionalmente, ocorre um aumento no número de casos de doenças respiratórias. Portanto, solicitaremos o uso de reserva emergencial das vacinas para atender a população dessas regiões, para que possamos passar esse período de sazonalidade com a maior parte da população protegida”, afirma.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.