Após mais de dois meses, Chapecó não registra morte em atualização diária do boletim da Covid-19

Município tinha 570 óbitos no boletim de quinta-feira e teve número mantido na atualização desta sexta-feira

Por Oeste Mais

16/04/2021 09h49 - Atualizado em 16/04/2021 09h55



Mais de dois meses depois de não registrar morte diária pela Covid-19, Chapecó voltou a não contabilizar nenhum óbito na atualização do boletim municipal da doença. O documento desta sexta-feira, dia 16, não teve o acréscimo de morte em relação ao do dia anterior.

 

A última vez que Chapecó não registrou morte de um boletim para o outro foi em 12 de fevereiro deste ano. Na época, o município contabilizava 147 óbitos. De lá para cá foram dias difíceis, muitos deles com mais de uma dezena de mortes por dia. O município tem atualmente 570 óbitos decorrentes da Covid-19.

 

Ainda conforme o boletim desta sexta-feira, Chapecó está com 435 casos ativos da doença respiratória, além de outros 75 suspeitos. O número de casos positivos desde o início da pandemia é de 34.603, sendo 33.598 pacientes recuperados.

 

Há 153 pessoas internadas por conta de complicações da Covid-19. Do total, 109 estão na UTI e 44 pacientes em leitos de enfermaria. Além de não registrar mortes nas últimas horas, foram dez altas de pacientes que estavam internados com o vírus.

 

O prefeito João Rodrigues informou na quinta-feira, dia 15, que o município registra três variantes da doença. “Fiquei apavorado, meu Deus, mas de novo? Não, não é de novo. Isso aí já passou. Esse contágio já existiu e está presente na vida de todos nós”, explicou ao dizer que o efeito das variantes já foi sentido pela população nos primeiros meses do ano, quando o município enfrentou o colapso do sistema de saúde.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.