Secretaria de Saúde de Ponte Serrada faz alerta para febre amarela e focos da dengue

Profissionais farão visitas nas residências do município para inspecionar e monitorar os focos

Por Oeste Mais

27/03/2021 19h21 - Atualizado em 27/03/2021 19h28



Mesmo com todos os casos de Covid-19 que estão crescendo cada vez mais em Ponte Serrada e na região, a Secretaria de Saúde informou também estar preocupada com outra situação no município.

 

Conforme a nota divulgada ao Oeste Mais, uma situação que vem preocupando no momento são os focos do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, que foram encontrados no município.

 

Conforme a Adriana Pavelski, secretária de Saúde, não há casos no município, mas regulamente são feitas coletas de água que possuem larvas. Após serem encaminhadas para análise, os focos do mosquito aparecem. 

 

Segundo o boletim epidemiológico, comparando os anos de 2020 com 2021, nota-se um aumento significativo no número de focos da dengue detectados no município. 

 

Adriana explicou que ações de prevenção estão sendo feitas pelos Agentes Comunitários de Saúde, Agente de Endemias e Vigilância Sanitária. 


"Os profissionais que farão as visitas não entrarão nas casas, apenas no terreno para inspecionar e monitorar a parte externa.
Dessa forma pedimos a colaboração de toda população quanto aos cuidados e prevenção para evitar os focos", pediu Adriana.

 

Além disso, a Saúde alerta para a doença da febre amarela, já que foram encontrados macacos mortos na região nas últimas semanas. 

 

"Estamos passando por tempos difíceis, em uma condição que não estava em nosso planejamento. Momentos de angústia, apreensão e incertezas, mas não podemos desistir, temos a missão de nos proteger e proteger quem a gente ama. Não é só Covid que mata", alertou a secretária de Saúde.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.