Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde, com total indo a 257,5 mil

País contabilizou 10.647.845 de casos e 257.562 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia

Por Oeste Mais

03/03/2021 08h13



O Brasil registrou 1.726 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas - recorde desde o início da pandemia - chegando ao total de 257.562 óbitos. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos sete dias é de 1.274. A variação foi de 23% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

 

Os dados são do consórcio de veículos de imprensa e foram divulgados no novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil, a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20 horas desta terça-feira, dia 2.

 

O número de mortes em 24 horas registrado no Brasil nesta terça-feira é superior ao registrado preliminarmente nos Estados Unidos na segunda-feira, dia 1º, e compilado nos principais painéis de monitoramento. Segundo a Johns Hopkins, os EUA tiveram 1.567 mortes. O número é semelhante ao verificado pela plataforma Our World in Data, da Universidade de Oxford, que aponta 1.565 mortes no país. Os EUA somam, desde o início da pandemia, 515.985 óbitos.

 

Já são 40 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de mil, seis dias acima de 1,1 mil e pelo terceiro dia a marca aparece acima de 1,2 mil. Foram quatro recordes seguidos de sábado até aqui. Veja a sequência da última semana na média móvel:

 

? Quarta-feira (24): 1.129 (recorde)

? Quinta-feira (25): 1.150 (recorde)

? Sexta-feira (26): 1.148

? Sábado (27): 1.180 (recorde)

? Domingo (28): 1.208 (recorde)

? Segunda-feira (1º): 1.223 (recorde)

? Terça-feira (2): 1.726 (recorde)

 

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 10.647.845 de brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 58.237 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos sete dias foi de 55.318 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de 22% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de alta também nos diagnósticos. Quinze estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: PR, RS, SC, DF, SP, AC, PA, TO, AL, BA, CE, MA, PB, PI, RN e SE.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.