Xanxerê recebe 20 novos respiradores portáteis do Ministério da Saúde

Neste domingo também chegam a Xanxerê sete profissionais de saúde do Ministério da Saúde, com experiência no atendimento de UTI

Por Oeste Mais

28/02/2021 14h57 - Atualizado em 28/02/2021 14h57



Respiradores chegaram neste domingo (Foto: Assessoria de imprensa Xanxerê)

O município de Xanxerê recebeu neste domingo, dia 28, 20 novos respiradores portáteis encaminhados pelo Ministério da Saúde. Dos equipamentos, 17 ficarão no Hospital Regional São Paulo (HRSP) e 03 serão utilizados pela Secretaria de Saúde especialmente para atender os pacientes que aguardam por leitos.

 

Para o Diretor Administrativo do HRSP, Fábio Lunkes, a chegada desses equipamentos é importante em função do colapso que o hospital e o sistema de saúde, principalmente no Oeste do Estado, estão enfrentando, com diversos pacientes aguardando por leitos para tratamento da Covid-19. Ele explica que o hospital já chegou ao ponto de ter 27 pacientes na emergência do hospital aguardando leito de UTI, sendo a maioria deles entubados ou precisando de ventiladores e não ter mais equipamentos disponíveis. 

 

"A situação está ainda crítica, mas com esses novos respiradores conseguiremos dar um respiro a mais, tanto para os pacientes, quanto para a equipe, que melhor consegue atender", explicou.

 

Lunkes comenta ainda que essa entrega de equipamentos é de extrema importância. "Esperamos que nos próximos dias a situação se acalme ou melhore, para poder dar uma atenção maior aos pacientes", destacou.

 

O prefeito de Xanxerê, Oscar Martarello, falou também que neste domingo chegam a Xanxerê sete profissionais de saúde do Ministério da Saúde, com experiência no atendimento de UTI para auxiliar no atendimento do Hospital Regional São Paulo. 

 

"Os equipamentos e os profissionais do Ministério da Saúde chegam em um momento crucial, onde não tínhamos mais equipamentos disponíveis no HRSP. Não é uma solução definitiva, mas é um grande passo", comentou.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.