Técnica de enfermagem com Covid-19 morre à espera de leito de UTI em Santa Catarina

Zeni tinha 53 anos e não possuía comorbidades

Por Oeste Mais

28/02/2021 09h01



Zeni fazia campanha contra à Covid-19 em suas redes sociais (Foto: Divulgação Rede Social)

Uma técnica de enfermagem que atuava na linha de frente do combate ao coronavírus morreu na noite de sexta-feira, dia 27, em Itapema. A vítima estava na fila de espera por um leito de UTI. 

 

Zeni Bueno Pereira trabalhava no Centro Integrado de Saúde (CIS), em Itajaí, onde é feito o atendimento inicial e a triagem de pacientes com coronavírus pelo SUS. Ao longo da pandemia, ela atuou diretamente no combate à Covid-19. Em nota, a prefeitura de Itajaí lamentou a morte da servidora.

 

A técnica tinha 53 anos e, segundo informações do Conselho Regional de Enfermagem (Coren), não tinha comorbidades. Ela deixou dois filhos, de 22 e 15 anos. 

 

Ela foi internada no início da semana em Itapema, onde morava, e seu quadro de saúde agravou ao longo dos últimos dias. A técnica de enfermagem era mantida sob ventilação mecânica, internada em enfermaria, mas aguardava a vaga na UTI para intubação - uma situação que tem se repetido no Estado, que está sob colapso no sistema de saúde. 

 

No início da noite de sexta-feira, um leito vagou na terapia intensiva do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí – mas Zeni morreu antes da transferência.

Com informações do NSC Total


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.