Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta apenas uma região em estado gravíssimo

Cenário indica desaceleração da pandemia no estado, mas cuidados devem ser mantidos

Por Oeste Mais

16/09/2020 17h52 - Atualizado em 16/09/2020 17h52



A Matriz de Risco Potencial atualizada nesta quarta-feira, dia 16, pela Secretaria de Estado da Saúde, apontou que Santa Catarina contabiliza apenas uma região em estado gravíssimo. Outras dez regiões foram classificadas em estado grave e uma (Extremo-Oeste) classificada como risco alto.

 

Pela análise, apenas a região nordeste foi classificada como risco gravíssimo, esse é o menor número desde julho. Naquele mês, Santa Catarina chegou a ter 12 regiões de saúde neste patamar. Na semana passada eram três regiões que estavam nessa situação.

 

A matriz de risco potencial das regiões foi atualizada durante a semana e os dados foram divulgados preliminarmente aos municípios catarinenses. Houve apenas duas alterações em relação à avaliação realizada na semana passada e divulgada no dia nove de setembro: as regiões de Laguna e Alto Vale do Rio do Peixe deixaram a situação gravíssima.

 

A avaliação de risco potencial mostra que as dimensões relacionadas à taxa de isolamento social e de isolamento dos casos foram as que mais contribuíram para o cenário grave e gravíssimo das regiões. Além disso, são avaliadas as dimensões de ampliação de leitos e de reorganização de fluxos assistenciais.

 

Apesar do cenário, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destaca que a população não pode se descuidar das medidas e do distanciamento social. “O governo do estado vem trabalhando com eficiência no combate ao coronavírus, mas a pandemia não acabou. Precisamos nos cuidar e continuar avançando nos índices, seguindo as medidas de prevenção estabelecidas”, ressalta.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.