Ex-primeira-dama de Abelardo Luz morre com Covid-19

Primeira morte pela doença foi registrada no município na manhã desta terça-feira

Por Oeste Mais

09/06/2020 10h47 - Atualizado em 09/06/2020 11h50


Rita de Cássia Marini Fantinelli tinha 54 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

A ex-primeira-dama do município de Abelardo Luz, Rita de Cássia Marini Fantinelli, de 54 anos, morreu com Covid-19 na manhã desta terça-feira, dia 9. É a primeira morte em decorrência da doença registrada no município. A mulher estava internada no Hospital Regional São Paulo (HRSP), em Xanxerê.

 

Em nota, o município de Abelardo Luz informou que a paciente possuía comorbidades e fazia tratamento para asma e depressão. Ela foi a óbito às 6h28 desta terça-feira, tendo como causas insuficiência respiratória aguda, pneumonia, infecção por Covid-19, insuficiência renal e asma.

 

Segundo relatório divulgado pelo HRSP, a paciente começou a sentir os sintomas da Covid-19 no dia 23 de maio. Um exame confirmou a doença no dia 28 de maio, através de um laboratório particular.

 

Rita deu entrada na enfermaria no dia 29 de maio, apresentando dispneia, cefaleia, odinofagia, taquipneia e baixa saturação. No dia 2 de junho ela teve uma piora no quadro, precisando ser intubada e de ventilação mecânica, sendo encaminhada para a UTI do hospital, onde foi a óbito nesta terça-feira.

 

“O Governo Municipal de Abelardo Luz presta suas condolências a todos os familiares e amigos enlutados. Que Deus possa conformar os corações de todos neste momento de tristeza e dor”, completou a nota emitida pelo município.

 

Rita foi casada com o ex-prefeito Dilmar Fantinelli. Ela era mãe de duas filhas. O sepultamento está previsto para a tarde desta terça-feira, no cemitério de Abelardo Luz.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.