Município de Entre Rios decreta situação de calamidade pública

Motivo se dá ao grande número de casos de coronavírus

Por Oeste Mais

01/06/2020 17h16 - Atualizado em 01/06/2020 18h16


A prefeitura de Entre Rios anunciou nesta segunda-feira, dia 1º, que decretou situação de calamidade pública devido ao grande número de casos de coronavírus. Com isso, Entre Rios se torna a primeira cidade catarinense a tomar essa decisão. 

 

Conforme o decreto, medidas emergenciais foram adotadas para frear e evitar a proliferação da Covid-19 no município, que tem pouco mais de 3,2 mil habitantes e onde os casos já chegam a 98.

 

Ficou determinado o fechamento, a partir desta segunda-feira, durante dez dias, de todos os serviços e atividades públicas e privadas não essências, especialmente com a proibição de veículo de transporte coletivo urbano municipal, intermunicipal e interestadual de passageiros, inclusive o fretamento de transporte de funcionários para frigoríficos e outras empresas, bem como fica proibida a entrada de novos hóspedes no setor hoteleiro.

 

Casos no município

 

Conforme o boletim atualizado, divulgado na tarde desta segunda-feira, 98 casos foram confirmados, sendo que apenas oito dos pacientes estão recuperados.

 

Além disso, 15 são suspeitos e outros 31 têm sintomas respiratórios e estão sendo monitorados. Dos casos confirmados, três pacientes estão internados e uma pessoa morreu. Também há 15 casos descartados até o momento.

 

Dengue

 

O município de Entre Rios também divulgou um boletim sobre os casos de dengue. Até o momento são 31 focos do Aedes aegypti, dois casos confirmados, dois suspeitos e outros seis descartados.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.