Ministério da Saúde habilita 125 novos leitos de UTI para tratamento da Covid-19 em SC

Habilitação tem validade de 90 dias, prorrogáveis por igual período, para atendimento exclusivo de pacientes com coronavírus

Por Oeste Mais

22/05/2020 08h11


Uma portaria do Ministério da Saúde (MS) habilitou 125 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o atendimento a pacientes com Covid-19 em Santa Catarina. As habilitações atendem a 13 unidades hospitalares (veja mais abaixo), ampliando a oferta em todas as regiões catarinenses e representando investimento de R$ 18 milhões do MS.

 

“Com um esforço constante, desde o início da pandemia, já criamos 396 novos leitos de UTI na rede pública e assim ampliamos o atendimento a esses pacientes”, destaca o governador Carlos Moisés.

 

Pela portaria nº 1.384, a habilitação tem validade de 90 dias, prorrogáveis por igual período, para atendimento exclusivo a pacientes de Covid-19. Os recursos serão disponibilizados aos municípios e estado de Santa Catarina em parcela única. Por cada diária do leito serão pagos R$ 1,6 mil, o dobro do que normalmente é repassado.

 

Novos leitos de UTI habilitados

 

▪ Hospital Regional de Araranguá – 10 leitos

▪ Hospital Municipal Ruth Cardoso (Balneário Camboriú) – 9 leitos

▪ Hospital Maicé (Caçador) – 10 leitos

▪ Hospital São Francisco (Concórdia) – 11 leitos

▪ Hospital de Gaspar – 10 leitos

▪ Hospital São José (Joinville) – 20 leitos

▪ Hospital Regional Terezinha Gaio Basso (São Miguel do Oeste) – 6 leitos

▪ Hospital Oase (Timbó) – 7 leitos

▪ Instituto de Cardiologia (São José) – 9 leitos

▪ Hospital Regional Dr. Homero de Miranda Gomes (São José) – 10 leitos

▪ Hospital Universitário (Florianópolis) – 8 leitos

▪ Hospital de Caridade (Florianópolis) – 5 leitos

▪ Hospital de Florianópolis – 10 leitos

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.