Saiba como prevenir e tratar doenças mais frequentes na estação mais quente

Calor e umidade da pele, comuns durante o verão, são fatores que contribuem para enfermidades

Por Oeste Mais

04/01/2017 13h16 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Durante o verão é comum que doenças como micoses, brotoeja, bicho geográfico e conjuntivite se manifestem com mais frequência. Elas são causadas principalmente pelo calor e umidade da pele, comuns nessa época do ano.

 

Para se prevenir dessas doenças, os principais cuidados são manter a pele limpa e seca. “A gente deve enxugar bem os pés, a pele após o banho, principalmente, as regiões de dobras como axilas e entre os dedos dos pés, evitar de permanecer muito tempo com roupas molhadas e vestir tecidos que favoreçam a transpiração, como o algodão”, explica o chefe do Serviço de Controle de Infecções do Hospital Celso Ramos, médico Valter Araújo.

 

O tratamento para cada uma dessas doenças também varia. Para os casos de bicho geográfico, é recomendado um tratamento com medicamento antiparasitário. Também é necessário tratar os animais domésticos que tenham a doença.

 

As pessoas com brotoeja devem ser mantidas em ambientes frescos para diminuir a intensidade do suor. Esfoliar a pele com tecidos ásperos também ajuda. As micoses de pés e pele podem ser tratadas com pomadas antifungo.

 

As conjuntivites podem ser virais ou bacterianas. Para a conjuntivite viral não existem medicamentos específicos. Já o tratamento da conjuntivite bacteriana é feito com colírios antibióticos que devem ser prescritos por um médico.

 

Em ambos os casos é importante manter os cuidados com a higiene, lavando bem os olhos e fazendo compressas com água filtrada ou fervida.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.