Passagens aéreas e aluguel de veículos lideram despesas dos deputados federais de SC

R$ 2 milhões em cotas parlamentares foram gastos nos sete primeiros meses de 2019

01/08/2019 12:23



Câmara dos Deputados (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Nos sete primeiros meses de 2019, até o recesso parlamentar de julho que termina esta semana, os deputados federais de Santa Catarina gastaram R$ 2 milhões em cotas parlamentares — verba destinada a despesas do mandato, como manutenção de escritórios de apoio, divulgação do trabalho parlamentar e emissão de passagens aéreas.

 

O valor é 37% menor do que o gasto pelos parlamentares da legislatura anterior nos sete primeiros meses do mandato, em 2015, e também é menor do que o registrado nesse mesmo período de 2018.

 

Quando analisados os tipos de despesa mais frequentes dos deputados federais de SC, a emissão de bilhetes aéreos lidera. Dos R$ 2 milhões gastos pelos 16 parlamentares de janeiro a julho, pouco mais de um quarto desse valor diz respeito a passagens de avião dos lugares de origem dos parlamentares para Brasília, que totaliza R$ 571,2 mil.

 

A locação de automóveis é o segundo gasto mais representativo entre as despesas dos catarinenses, com a soma de R$ 355,6 mil. Este item, no entanto, teve aumento em comparação aos primeiros sete meses do primeiro ano parlamentar da legislatura anterior, em 2015. Na ocasião, os deputados haviam gasto R$ R$ 291,8 mil com o serviço. O aumento foi de 22%. No caso das passagens aéreas, o valor caiu 33% em relação a 2015.

 

Fecha a lista de três maiores gastos da cota parlamentar dos catarinenses a divulgação da atividade parlamentar (R$ 294,7 mil), valor também menor do que os deputados da legislatura anterior gastaram de janeiro a julho quatro anos atrás.

Do Diário Catarinense


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.