Justiça Eleitoral já julgou 94% dos processos de registro de candidatura em SC

Dos 749 julgamentos, 12 tiveram candidaturas indeferidas até esta quarta-feira

Por Oeste Mais

13/09/2018 07:59


Até esta quarta-feira, dia 12, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina já tinham julgado 749 processos de registro de candidatura, o que corresponde a 94% do total de 800 requisições, que envolvem pedidos de candidatura e aprovação dos Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (DRAP). Ao todo, 12 candidaturas foram indeferidas.

 

Das chapas majoritárias, foram deferidas as candidaturas de Mauro Mariani (MDB), Ingrid Assis (PSTU), Gelson Merisio (PSD), Camasão (PSOL), Portanova (REDE), Comandante Moisés (PSL) e Décio Lima (PT). Já dos candidatos ao Senado, foram aprovados os registros de Roberto Salum (PMN), Ricardo Lautert (PSTU), Paulo Bauer (PSDB), Raimundo Colombo (PSD), Esperidião Amin (PP), Jorginho Mello (PR), Lucas Esmeraldino (PSL), Ideli Salvatti (PT), Lédio Rosa (PT), Professor Antonio (PSOL), Professor Pedro Cabral (PSOL) e Miriam Prochnow (REDE) — estes três últimos, julgados na sessão desta quarta-feira.

 

Na mesma sessão foram indeferidos quatro pedidos de registro, três para deputado estadual e um para federal, de Jackson Rodrigo Cordeiro, Jailson Nunes Lima, Daise Espírito Santo Sachetti e Robson Luiz Trebin de Melo, respectivamente.

 

Os deferimentos dos registros de candidatura de deputado federal e estadual que cumpriram todos os requisitos e não apresentaram impugnações ou motivos para inelegibilidade são feitos pelos juízes monocraticamente e não são levados ao Pleno do TRE-SC. Entre terça e quarta-feira foram julgados 314 pedidos pelos juízes da corte.

 

Todos os pedidos que foram encaminhados dentro do prazo de 15 de agosto serão julgados até a próxima segunda-feira, dia 17, que também é a data limite para que os partidos indiquem possíveis substituições para as candidaturas. Esses novos registros serão julgados oportunamente.

 

O andamento do registro dos candidatos pode ser conferido no DivulgaCandContas, que não tem atualização automática, e os processos podem ser acompanhados na plataforma do PJe.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.