Em prisão domiciliar, Roberto Jefferson é lançado candidato à Presidência da República

Político disse que candidatura não pretende rivalizar com tentativa de reeleição do presidente Jair Bolsonaro

Por Redação Oeste Mais

02/08/2022 12h45 - Atualizado em 02/08/2022 12h47



Convenção nacional do PTB aprovou nome de Roberto Jefferson por aclamação (Foto: Divulgação)

O PTB oficializou nesta segunda-feira, dia 1º, a candidatura do deputado federal Roberto Jefferson à Presidência da República. Ele é presidente de honra do partido e teve o nome aclamado por unanimidade.

 

A convenção, no entanto, não contou com a presença de Roberto Jefferson, já que ele está em prisão domiciliar por determinação judicial. O político é acusado de tumultuar o processo eleitoral e proferir discursos de ódio e atacar instituições democrática.

 

Jefferson afirmou, em vídeo, que sua candidatura não pretende rivalizar com a tentativa de reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Segundo ele, o objetivo é ampliar o número de alternativas à direita.

 

“Agora, em 2022, Bolsonaro se candidata à reeleição sozinho, contra tudo e contra todos, enquanto a esquerda se apresenta como um polvo com vários tentáculos na forma de múltiplas candidaturas, preenchendo todos os nichos possíveis desse eleitorado”, disse, em vídeo exibido durante a convenção. O PTB não divulgou se o candidato a vice na chapa está definido.

Roberto Jefferson está em prisão domiciliar (Foto: Fábio Vieira/Metrópoles)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.