Governador de Santa Catarina se filia ao Republicanos

Oficialização do ato ocorreu na tarde desta quinta-feira, em Brasília

Por Redação Oeste Mais

10/03/2022 20h11 - Atualizado em 10/03/2022 20h11



Ato de filiação ocorreu na tarde desta quinta-feira, dia 10, em Brasília (Foto: Replublicanos)

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, se filiou na tarde desta quinta-feira, dia 10, ao partido Republicanos. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação.

 

Moisés destacou que escolheu o partido por se identificar com os compromissos do grupo em relação ao desenvolvimento do país, tendo as pessoas como prioridades.

 

“Estava procurando uma casa, um local onde a gente se identificasse e pudesse dar continuidade ao grande trabalho que nós estamos realizando em Santa Catarina de forma republicana, distribuindo recursos de forma justa e colocando as pessoas em primeiro lugar”, declarou o governador. 

 

O ato contou com a presença do presidente nacional do partido, deputado federal Marcos Pereira (SP), e do presidente do Republicanos Santa Catarina, deputado estadual Sergio Motta, na sede do Republicanos, em Brasília. 

 

"Nós estamos muito felizes com a filiação do governador Carlos Moisés. Santa Catarina é um estado importantíssimo e, obviamente, isso vai fortalecer os quadros do Republicanos em Santa Catarina e em todo o Brasil", expôs Marcos Pereira.

 

Filiação 

 

O vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, também deve se filiar ao Republicanos na próxima quarta-feira, dia 16, em Brasília. Em respeito às medidas de prevenção contra a Covid-19, o ato será restrito a convidados e imprensa credenciada.

 

O ato de filiação será transmitido ao vivo pelo canal do partido no YouTube.

 

Esta é a segunda vez que um vice-presidente se filia ao partido. Em 2005, o vice-presidente e então ministro da Defesa, José Alencar, se filiou ao partido, que na época, ainda se chamava Partido Municipalista Renovador (PMR).


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.