PL dá "carta branca" a presidente do partido para acertar filiação de Bolsonaro

Partido havia anunciado filiação do presidente para dia 22, mas adiou devido a divergências em relação às negociações das seções estaduais

Por Redação Oeste Mais

17/11/2021 21h45 - Atualizado em 17/11/2021 21h50



Os presidentes dos diretórios estaduais do Partido Liberal (PL) decidiram delegar "carta branca" ao presidente nacional da legenda, Valdemar Costa Neto, no curso das negociações para a filiação do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao partido.

 

A filiação estava marcada para o dia 22 deste mês, mas o PL anunciou que o ato foi suspenso. A decisão, segundo a sigla, foi tomada em comum acordo. Além de problemas em alianças estaduais com o PL, como o palanque em São Paulo, uma repercussão negativa da união entre Bolsonaro e o partido nas redes sociais pode ter contribuído para impasse.

 

As lideranças do PL se reuniram na tarde desta quarta-feira, dia 17, em Brasília. Em entrevista coletiva, o senador Jorginho Mello (PL/SC), presidente do diretório em Santa Catarina, disse que os 27 presidentes nos estados e Distrito Federal garantirão apoio irrestrito a Costa Neto na condução dos acordos relacionados ao ingresso de Bolsonaro.

 

Ao ser questionado sobre eventuais divergências do presidente relacionadas ao pleito de 2022, Jorginho Mello reforçou que o partido concedeu ao presidente nacional da sigla toda a missão de conduzir a negociação.

 

“E não terá nenhum governador, senador, que não esteja alinhado com o presidente Bolsonaro. Todo mundo vai receber o presidente do país de braços abertos”, disse o senador catarinense.

 

Além da pauta voltada à filiação de Bolsonaro, a reunião do PL tratou das estratégias eleitorais que serão traçadas em cada estado do Brasil para apoiar a candidatura de reeleição do presidente.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.