Instituições de educação especial de 35 cidades do Oeste recebem R$ 21,9 milhões

Confira a lista de municípios beneficiados com recursos do governo de Santa Catarina

Por Oeste Mais

08/10/2021 08h27



Recursos foram destinados em solenidade em Chapecó (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM)

O governador Carlos Moisés autorizou a liberação de R$ 21,9 milhões para instituições especializadas em educação especial no Oeste de Santa Catarina. Foram beneficiadas entidades de 35 municípios (veja a lista mais abaixo).

 

A formalização do repasse ocorreu durante uma solenidade no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó. Os investimentos fazem parte do programa SC Mais Inclusiva, o maior pacote da história para inclusão de Santa Catarina. Já são mais de R$ 200 milhões em projetos aprovados e disponibilizados para todas as regiões.

 

O governador destacou que os investimentos do SC Mais Inclusiva são feitos de acordo com as necessidades apontadas pelos gestores das instituições. Os valores serão utilizados em reformas, ampliações de sedes, compra de equipamentos e veículos e demais ações de infraestrutura.

 

“Antigamente, essas instituições faziam pedágios solidários, sorteios, gincanas ou bingos para angariar recursos. Agora, nós estamos investindo maciçamente na educação especial, assim como na capacitação dos professores. Quem vive essa realidade, de ter aluno especial em sua família, sabe o quanto ela pode ser dura. Por isso, nós acreditamos que o Estado tem que fazer a sua parte, qualificando esse serviço”, disse Moisés.

 

Instituições beneficiadas com os recursos

 

• Apae de Agua Doce - R$ 700 mil

• Apae de Anchieta - R$ 700 mil

• Apae de Caibi - R$ 2 milhões

• Apae de Catanduvas - R$ 500 mil

• Apae de Chapecó - R$ 2milhões

• Ama de Chapecó - R$ 3 milhões

• Associação de Surdos de Chapecó - R$ 200 mil

• Adevosc de Chapecó - R$ 300 mil

• CAPP de Chapecó - R$ 1,5 milhão

• Apae de Concórdia - R$ 300 mil

• Apae DE Coronel Freitas – R$ 300 mil

• Apae de Coronel Martins - R$ 368 mil

• Apae de Cunha Porã - R$ 220 mil

• Apae de Descanso - R$ 700 mil

• Apae de Galvão - R$ 160 mil

• Apae de Guaraciaba - R$ 300 mil

• Apae de Guarujá do Sul - R$ 150 mil

• Apae de Iporã do Oeste - R$ 662 mil

• Apae de Ipumirim - R$ 350 mil

• Apae de Iraceminha - R$ 300 mil

• Apae de Itá - R$ 720 mil

• Apae de Itapiranga - R$ 350 mil

• Apae de Irani - R$ 1 milhão

• Apae de Jaborá - R$ 150 mil

• Apae de Lindóia do Sul 0 R$ 150 mil

• Apae de Maravilha - R$ 300 mil

• Apae de Mondaí - R$ 200 mil

• Apae de Quilombo -R$ 200 mil

• Apae de Palmitos - R$ 75 mil

• Apae de Palma Sola - R$ 400 mil

• Apae de São Bernardino - R$ 100 mil

• Apae de São Carlos - R$ 800 mil

• Apae de São João do Oeste - R$ 650 mil

• Apae de São Lourenço do Oeste - R$219 mil

• Apae de São Miguel do Oeste - R$ 550 mil

• Apae de São José do Cedro - R$ 450 mil

• Apae de Seara - R$ 250 mil

• Apae de Tunápolis - R$ 500 mil

• Apae de Vargem Bonita - R$ 152 mil


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.