Morre Casildo Maldaner, ex-senador e ex-governador de SC

Político tinha 79 anos e perdeu a luta para o câncer

Por Oeste Mais

18/05/2021 08h26 - Atualizado em 18/05/2021 08h26



Casildo Maldaner em foto no Senado (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado/Divulgação)

O ex-senador e ex-governador de Santa Catarina, Casildo Maldaner, morreu na noite de segunda-feira, dia 17, vítima de câncer. Aos 79 anos, o político foi internado em um hospital de Florianópolis no domingo, dia 16, após passar mal. A informação foi confirmada pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB) catarinense.

 

Em 2018, Casildo se recuperou de um câncer que afetava o sistema nervoso central. Há três semanas foi diagnosticado que a doença havia voltado. Natural de Carazinho, no Rio Grande do Sul, ele nasceu em 2 de abril de 1942. Aos 2 anos, mudou-se com a família para Chapecó. Durante a trajetória política, além de senador e governador, Casildo foi deputado federal, estadual e vereador de Modelo, na região Oeste.

 

O ex-governador começou a história na política em 1962. Em 1986, elegeu-se vice-governador, na chapa encabeçada por Pedro Ivo Campos. Tornou-se chefe do Executivo após a morte do então governador em 1990. Foi eleito senador e exerceu o mandato entre 1995 a 2003.

 

Casildo era irmão do atual presidente estadual do MDB, o deputado federal Celso Maldaner. Durante a madrugada desta terça-feira, dia 18, a legenda publicou uma nota lamentando o falecimento do político. Segundo o partido, Casildo teve participação decisiva nas eleições catarinenses, além de ajudar a fortalecer a sigla.

 

"No MDB e na política catarinense, Casildo será lembrado como um político realizador, de diálogo fácil e principalmente conciliador", informou o partido em nota.

 

O velório acontece nesta terça na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), das 10 às 13 horas, e seguirá os protocolos de segurança e prevenção à Covid-19. Na sequência será realizada uma cerimônia de cremação, cemitério do Jardim da Paz, na Capital, em ato reservado à família e amigos mais próximos.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.