Bia Kicis é eleita presidente da CCJ da Câmara dos Deputados

Deputada foi a única a disputar o comando da CCJ, após indeferimento da candidatura da deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS)

Por Oeste Mais

10/03/2021 15h56 - Atualizado em 10/03/2021 15h56



Bia Kicis é eleita presidente da CCJ da Câmara dos Deputados ( Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

Em sessão tumultuada nesta quarta-feira, dia 10, foi escolhida para ser a nova presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara de Deputados (CCJ) a deputada Bia Kicis (PSL-DF). Composta por 66 integrantes, o colegiado é tido como o mais importante da Casa, já que todas as propostas devem iniciar sua tramitação para analisar a constitucionalidade das proposições que tramitam na Casa na comissão.

 

A oposição criticou a abertura dos trabalhos ter sido presidida pelo deputado Felipe Francischini (PSL-PR), ex-presidente do colegiado. Tradicionalmente, cabe ao deputado mais velho integrante da comissão e com mais mandatos presidir a sessão de eleição. Requisito que não era cumprido por Francischini.

 

Após bate boca, e antes de passar a condução dos trabalhos para o deputado Mauro Lopes (MDB-MG), por ser o mais idoso, Francischini indeferiu o registro da candidatura avulsa da deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS). O indeferimento da candidatura foi mantido por Lopes, com a justificativa de que a vaga pertencia ao PSL por acordo de líderes para a distribuição da presidência das comissões em função do tamanho das bancadas partidárias.

 

Com a decisão firmada, Bia Kicis foi a única candidata a disputar o comando da CCJ. A deputada teve o apoio de 41 deputados para um mandato de um ano. Houve 19 votos em branco.

Com informações da Agência Brasil


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.