Ausência no primeiro turno das eleições deve ser justificada até 14 de janeiro

Eleitor deve pagar multa correspondente a R$ 3,51 para cada turno faltante

Por Oeste Mais

08/01/2021 14h13



Quem não compareceu às seções eleitorais no primeiro turno das eleições 2020, em 15 de novembro, tem até a próxima quinta-feira, dia 14, para justificar a ausência junto à Justiça Eleitoral. Para tanto, é preciso comprovar porque não foi possível participar do pleito.

 

O eleitor faltante ou impossibilitado para o exercício do voto (por motivo de doença, viagem ou outra situação relevante) pode justificar a ausência pelo aplicativo e-Título ou pelo Sistema Justifica. Para encaminhar a justificativa eleitoral, será exigida a apresentação de documentos que comprovem o motivo da ausência.

 

Para quem estava fora do país no dia da eleição, a justificativa pode ser encaminhada a qualquer tempo, até 30 dias a partir do retorno ao país.

 

O eleitor que não votou e não justificou poderá regularizar sua situação eleitoral pagando multa correspondente a R$ 3,51 para cada turno.

 

A emissão de boletos (Guia de Recolhimento da União – GRU) para quitação de multas eleitorais decorrentes de ausência às urnas e/ou aos trabalhos eleitorais poderá ser feita pela internet ou pelo aplicativo e-Título.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.