Suspeitos de envolvimento em arrombamento em Ponte Serrada trocam tiros com a PM no PR

Dupla que teria participado da ação abandonou veículo e armas e conseguiu fugir a pé no interior de Palmas

Por Oeste Mais

02/12/2020 10h40



Fox abandonado pelos criminosos (Foto: Polícia Militar)

Equipes da Polícia Militar de Palmas (PR) tentaram interceptar dois integrantes da quadrilha que arrombou a agência do Banco do Brasil em Ponte Serrada na madrugada desta quarta-feira, dia 2. Em troca de tiros com a polícia, um dos envolvidos teria sido ferido. Os homens conseguiram escapar.

 

De acordo com informações repassadas pelo comandante da 2ª Companhia da Polícia Militar de Palmas, tenente Bruno Lopes Bueno, ao site RBJ, na PRC-280, já em Palmas, um Volkswagen Fox foi avistado sendo utilizado por dois homens que teriam participado do arrombamento.

 

A equipe de RPA tentou realizar a abordagem, mas o motorista fugiu, entrando em uma propriedade rural às margens da rodovia. Houve troca de tiros com os dois homens que estavam no automóvel. Um deles teria sido atingido, mas ambos conseguiram escapar. A dupla abandonou o carro e duas armas de fogo: um revólver de calibre 38 e uma espingarda calibre 12.

Banco do Brasil de Ponte Serrada foi arrombado durante a madrugada (Foto: Polícia Militar)

O arrombamento

 

A agência do Banco do Brasil que foi alvo dos criminosos fica na Avenida 15 de Novembro, no Centro de Ponte Serrada. A PM chegou a ser impossibilitada de sair da sede com as viaturas, já que um cadeado foi passado no portão.

 

Os policiais precisaram se deslocar a pé até a agência enquanto aguardaram apoio de policiais de toda a região. Pelo menos 30 agentes de Xanxerê, Faxinal dos Guedes, Xaxim, Concórdia, e Irani, além da PRF de Concórdia, se deslocaram para atender a ocorrência.

 

As guarnições constataram que os criminosos arrombaram a agência, mas não conseguiram levar dinheiro. Eles teriam utilizado pés de cabra para tentar arrombar os cofres.

 

Ao todo, nove assaltantes teriam agido com armas longas e curtas. Após a ação, o grupo fugiu em dois veículos, um Astra de cor prata e uma Renault Oroch, também prata.

 

Os assaltantes ainda teriam levado dois revólveres que estavam guardados em uma sala e eram utilizados pela segurança da agência. O Astra foi encontrado incendiado perto de um posto de combustível.

Astra encontrado incendiado após o crime (Foto: Polícia Militar)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.