Vereador eleito no Oeste é investigado por suspeita de compra votos a R$ 50

Segundo Polícia Federal, ele teria comprado 20 votos de moradores de Dionísio Cerqueira por R$ 50 cada um

Por Oeste Mais

25/11/2020 09h18 - Atualizado em 25/11/2020 09h18



Vereador é suspeito de comprar votos a R$ 50 em Dionísio Cerqueira (Foto: Valeria Martins/G1)

Um vereador eleito em Dionísio Cerqueira, no Oeste catarinense, é investigado pela Polícia Federal por suspeita de compra de votos. Segundo a investigação, ele teria comprado 20 votos um dia antes da eleição, no dia 15 de novembro, e pago R$ 50 em troca de cada voto.

 

Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na cidade nesta terça-feira, dia 24, na casa do político e de uma pessoa ligada a ele. Documentos e celulares foram apreendidos. A investigação iniciou após uma denúncia e os mandados foram expedidos pela Justiça Eleitoral.

 

A Polícia Federal não confirmou o nome do vereador investigado, mas informou que ele foi eleito para o primeiro mandato como vereador na cidade, que tem nove integrantes no Legislativo.

 

Segundo a Polícia Federal, se comprovada a compra de votos, os investigados podem ser indiciados por corrupção eleitoral, com pena prevista de até quatro anos de prisão, além de multa. O vereador também corre o risco de perder o cargo.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.