Comissão da Alesc aprova segundo pedido de impeachment contra Moisés e arquiva denúncia contra vice

Com a decisão, deputados vão votar em plenário pela continuidade ou não do processo

Por Oeste Mais

13/10/2020 15h07



Governador Carlos Moisés e a vice, Daniela Reinerh (Foto: Reprodução/TV Globo)

A comissão especial da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou por unanimidade, na manhã desta terça-feira, dia 13, a continuidade do processo do segundo pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL).

 

O documento apresentado pelo deputado Valdir Cobalchini (MDB), responsável pelo relatório, pediu o arquivamento da denúncia contra a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) neste processo.

 

O pedido de afastamento é relativo à compra de 200 respiradores com preço de R$ 33 milhões pagos antecipadamente e sem garantia de entrega e pela tentativa de contratação de um hospital de campanha em Itajaí. O governador nega responsabilidade na compra dos equipamentos.

 

Com a aprovação, o segundo processo de impeachment passará por votação no plenário da Alesc, na qual votam os 40 deputados estaduais. A data não tinha sido divulgada até as 14 horas desta terça.

 

Outro processo de impeachment está em andamento e em fase de julgamento. Uma votação em 22 de outubro pode decidir se o governador e a vice serão ou não afastados dos cargos por 180 dias. Esse primeiro pedido aponta crime de responsabilidade no aumento salarial dado aos procuradores do estado.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.