Deputados votam hoje processo de impeachment que pode afastar governador e vice de SC

Parlamentares decidem nesta quinta sobre impedimento ou não de Carlos Moisés Daniela Reinehr

Por Oeste Mais

17/09/2020 11h03



O impeachment do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, será votado em plenário pelos deputados estaduais na tarde desta quinta-feira, dia 17. A votação deve ocorrer em uma sessão extraordinária a ser marcada para as 15 horas, na Assembleia Legislativa (Alesc).

 

Os deputados vão decidir se aprovam ou não o impeachment do governador e também da vice Daniela Reinehr (sem partido). A comissão especial, que foi a primeira a analisar o pedido, aprovou por unanimidade um relatório contra o governador e a vice e que pede o impedimento dos dois por suposto crime de responsabilidade. Agora esse relatório será analisado em plenário.

 

A votação deve ocorrer de forma nominal, com cada deputado indo até o microfone para declarar seu voto. Primeiro os deputados vão decidir sobre o processo contra a vice-governadora Daniela Reinehr. Em seguida eles votarão a denúncia contra Carlos Moisés.

 

São necessários 27 votos, o equivalente a 2/3 do total de deputados estaduais, para que o impeachment seja levado adiante pela Alesc. Caso contrário, o processo é arquivado.

 

Uma possível aprovação não significa que Moisés e Daniela vão precisar deixar os cargos. Pelo novo rito de tramitação aprovado pela Assembleia após questionamento do governo, o eventual afastamento só ocorrerá na próxima etapa do processo, que é a análise do caso por uma comissão mista, com cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de justiça (TJ-SC).

 

Essa comissão terá o prazo de cinco dias para ser formada caso os deputados aprovem o processo de impeachment nesta quinta-feira e avancem para os próximos passos.

Com informações do Diário Catarinense


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.