Candidatos e partidos devem agendar atendimento em bancos para abrir contas de campanha

Abertura de contas destinadas ao recebimento de doações para campanha é obrigatória

Por Oeste Mais

28/08/2020 08h09 - Atualizado em 28/08/2020 08h09



As instituições bancárias estão solicitando aos candidatos e partidos que ainda não requisitaram a abertura de contas de campanha o agendamento do atendimento para realizar o procedimento. O pedido se deve às normas vigentes por conta da pandemia de Covid-19, que restringe o número de pessoas atendidas diariamente pelas instituições. Com isso, o banco pode controlar melhor o fluxo de pessoas, garantindo a segurança sanitária de todos.

 

A informação foi divulgada em reunião realizada nesta quinta-feira, dia 27, entre o TRE-SC e as superintendências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, onde foi discutida a abertura de contas de campanha eleitoral. Esses bancos são os responsáveis por concentrar a maioria das contas do gênero.

 

A reunião foi conduzida pelo presidente do TRE-SC, desembargador Jaime Ramos, e teve como intuito esclarecer aos bancos as normas aplicáveis à abertura de contas de campanha, além de solicitar que divulgassem para todas as agências do estado a necessidade de abertura tempestiva.

 

A abertura de contas destinadas ao recebimento de doações para a campanha é obrigatória a todos os partidos e candidatos que irão concorrer às eleições 2020. O prazo para a realização, no caso dos candidatos, é de até dez dias a partir da emissão do CNPJ pela Receita Federal. Já os partidos têm até o dia 26 de setembro, caso ainda não tenham aberto uma conta específica para as doações.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.