Vice-prefeita de Ponte Serrada lança pré-candidatura e deve disputar eleições contra o atual prefeito

Fernanda Paglia rompeu oficialmente com Alceu Alberto Wrubel no início de 2019

Por Oeste Mais

31/07/2020 17h26 - Atualizado em 01/08/2020 09h24



A vice-prefeita Fernanda Chagas Paglia anunciou através das redes sociais, na última semana, que colocou o nome à disposição para concorrer às eleições 2020 como prefeita de Ponte Serrada.

 

Fernanda foi eleita juntamente com o atual prefeito Alceu Alberto Wrubel (Tibe) nas eleições de 2016. Porém, há pouco mais de um ano, a vice-prefeita afirmou pelo Facebook pessoal, através de uma nota de esclarecimento, discordar com a política adotada pela atual administração municipal.

 

Fernanda reclamou de ‘boicote’ e disse que sentiu a necessidade de se afastar do prefeito e de alguns membros da administração ligados a ele. A vice afirmou que o reconhecimento popular conquistado em anos passados de serviços públicos — citando a época em que trabalhou na Secretaria de Assistência Social — fez com que o grupo da atual administração a convidasse, em 2016, para ser candidata a vice-prefeita.

 

Após a manifestação pública, no dia 11 de janeiro de 2019, o prefeito foi procurado pelo Oeste Mais, mas não quis comentar a decisão da vice. Nesta sexta-feira, dia 31, a reportagem também entrou em contato com Tibe, mas ele novamente preferiu não se manifestar sobre a pré-candidatura de Fernanda.

Fernanda Paglia é pré-candidata a prefeita nas eleições de 2020 (Foto: Divulgação)

Natural de Xanxerê, Fernanda Paglia já trabalhou como secretaria de Assistência Social e como coordenadora do Creas de Ponte Serrada em 2011, e foi candidata a vereadora também em 2011, assumindo a função de suplente por 60 dias. Neste ano, a pré-candidata, afiliada ao PL (Partido Liberal), deve disputar as eleições municipais contra o atual prefeito.

 

Segundo ela, as coligações ainda estão sendo definidas. “Apoiada pelo senador Jorginho Mello, decidi colocar o nome à disposição como pré-candidata, e a pedido de muitas pessoas que acreditaram e depositam em mim uma esperança de uma política correta, sem perseguições e mais humana”, comenta a vice-prefeita.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.