Homem é preso após assaltar Valcredi e fazer três funcionários reféns

Crime no início da manhã desta terça-feira mobilizou polícia de toda a região

Por Oeste Mais

12/03/2019 08:32 - Atualizado em 12/03/2019 14:23



Assaltante foi preso no local (Fotos: Oeste Mais)

A agência do Sicoob Valcredi Sul foi alvo de assalto com reféns na manhã desta terça-feira, dia 12, no município de Vargeão. O crime mobilizou guarnições policiais de várias cidades da região. Três funcionários da cooperativa de crédito foram feitos reféns. O assaltante foi detido e as vítimas liberadas pouco antes das 10 horas da manhã.

 

De acordo com o que apurou o Oeste Mais, o gerente foi rendido em casa e obrigado pelo assaltante a ir até a agência pouco antes das 8 horas da manhã. A Valcredi em Vargeão fica na esquina da Rua Vicente Sponchiado com a 7 de Setembro, no Centro da cidade.

 

Outros funcionários ficaram reféns dentro do local. Guarnições de toda a região se mobilizaram, com os policiais negociando com o bandido por telefone. Ainda segundo apurou o Oeste Mais, um dos reféns chegou a tentar tomar a arma do assaltante, momento em que teria sido atingido na boca.

Polícia fez cerco nas redondezas da Valcredi (Foto: Oeste Mais)

O homem encapuzado manteve os três funcionários reféns — um homem e duas mulheres — por mais de uma hora. Uma das mulheres conseguiu sair no momento em que o refém teria tentado tomar a arma do assaltante. A polícia invadiu o local logo em seguida, liberando os outros reféns e prendendo o criminoso.

 

As autoridades estimam que outros bandidos estavam envolvidos na ação para dar cobertura no assalto, mas nenhum outro suspeito foi preso. O assaltante foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, de onde deverá seguir para o Presídio Regional de Xanxerê.

 

Dezenas de policiais de vários municípios da região se mobilizam no entorno da cooperativa. Um contato telefônico constante foi mantido durante as negociações com o assaltante, que chegou a disparar um tiro, mas sem ferir ninguém. Um helicóptero do Saer de Chapecó deu apoio na ocorrência.

 

Vídeo mostra momentos de tensão durante o assalto:











COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.