Presa dupla acusada de participar de roubo de caminhonete envolvida em acidente

Jovens de 20 anos são acusados de integrar quadrilha responsável por assaltos na região

Por Oeste Mais

17/06/2016 10:37 - Atualizado em 31/01/2018 23:11



Caminhonete era ocupada por casal no dia do acidente (Foto: Corpo de Bombeiros)

A Divisão de Investigações Criminais de Joaçaba, em trabalho conjunto com a Polícia Militar de Irani, prendeu na manhã desta sexta-feira, dia 17, duas pessoas nos municípios de Irani e Lindóia do Sul. Os presos são suspeitos de praticar assaltos em fazendas da região. Um terceiro já havia sido preso há alguns dias.

 

A operação foi realizada em Irani com o cumprimento de mandado de prisão e busca e apreensão em três residências, sendo duas na área urbana do município e uma na divisa com Lindóia do Sul.

 

Foram presos na operação Rodrigo da Silva e Diego Bueno dos Santos, ambos de 20 anos. Eles teriam envolvimento em um assalto registrado às margens da BR-153, em União da Vitória, onde uma caminhonete e arma de fogo foram levadas na ação. A proprietária do veículo e vítima do assalto teria reconhecido os bandidos.

 

O caso ganhou repercussão depois que os criminosos se envolveram em um grave acidente com a caminhonete roubada. Na colisão ficaram feridos Lucas Zimermam e Raquel Dias. Lucas está preso em Joaçaba. Raquel segue hospitalizada. Na caminhonete ocupada por eles foram localizadas duas armas de fogo.

 

Segundo indícios, os presos fazem parte de uma quadrilha que assalta famílias utilizando armas longas e curtas, agindo algumas vezes com extrema violência. As investigações continuam no intuito de identificar outros autores. Participaram da ação 20 policiais civis, mais o apoio de quatro policiais militares de Irani.

Atual FM


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.